sábado, 1 de janeiro de 2011

A Boneca Teimosa


A boneca de porcelana não gosta por aí além de poesia em verso... mas algumas das que mais gosta estão escritas em verso... mas não foi ela quem as escreveu; que para ser ela quem as escreve, prefere escrevê-las em prosa do que em verso, se não leva ali toda a vida e mais três dias para achar palavra que rime... mas mesmo quando apanha prosa poética ela gosta mais do que a prosa em verso, diz que as coisas vêm mais explicadas e tal... mas quando faz poesia em prosa, a boneca mete as palavras a rimar umas com as outras... a fazer lembrar os versos... e você que aqui me lê pergunta com propriedade: porquê? Porque a boneca um dia foi à escola e na escola havia uma professora de Língua Portuguesa que lhe disse que não o fizesse... que soava mal... que procurasse outra palavra... e foi então que a boneca o fez. Não procurou outra palavra e nunca mais conseguiu parar.

Sem comentários: